sábado, 26 de setembro de 2009

FENÔMENO TWITTER CHEGA AO DICIONARIO

Traducido al portugués por Cholinho.

LINKEATE.- Segundo a informação dada pelo jornal britânico Telegraph, a versão inglesa do dicionário Collins, este ano vai incluir 267 novas palavras, entre elas, varias usadas nas redes sociais como Twitter, facebook e Hi5.
O dicionário reconhecerá a palavra "twittear" como verbo e considerará também como palavras "hmm" e "heh”, anteriormente sons.
Este fato decorre da popularidade de sitios como Twitter, que permite escrever em 140 caracteres o que vem acontecendo, e que, efetivamente, gerou diversos termos que antes não eram utilizados.
Porém, e segundo Elain Higgleton, diretora editorial do Collins, tais palavras que até hoje eram consideradas simples expressões ou onomatopéias usadas na escritura online, podem, com o tempo, ir perdendo seu significado, pelo que poderiam ser excluídas do dicionário nos próximos três ou quatro anos.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

POMBO x BANDA LARGA


Esta noticia vai especialmente para todos os informáticos. Um pombo-correio é mais rápido que a banda larga na África! Pode acreditar? Pois então leia e comente:

O BORDADO*

O texto é colaboração de uma amiga, via e-mail.

Quando eu era pequeno, minha mãe costurava muito. Eu me sentava no chão, brincando perto ela, e sempre lhe perguntava o que estava fazendo. Respondia que estava bordando.
Todo dia era a mesma pergunta e a mesma resposta. Observava seu trabalho de uma posição abaixo de onde ela se encontrava sentada e repetia:
- Mãe, o que a senhora está fazendo?
Dizia-lhe que, de onde eu olhava, o que ela fazia me parecia muito estranho e confuso. Era um amontoado de nós, e fios de cores diferentes, compridos, curtos, uns grossos e outros finos.
Eu não entendia nada. Ela sorria, olhava para baixo e gentilmente me explicava:
- Filho, saia um pouco para brincar e quando terminar meu trabalho eu chamo você e o coloco sentado no meu colo. Deixarei que veja o trabalho da minha posição.
Mas eu continuava a me perguntar lá de baixo:
- Por que ela usava alguns fios de cores escuras e outros claros?
- Por que me pareciam tão desordenados e embaraçados?
- Por que estavam cheios de pontas e nós?
- Por que não tinham ainda uma forma definida?
- Por que demorava tanto para fazer aquilo?
Um dia, quando eu estava brincando no quintal, ela me chamou:
- Filho, venha aqui e sente no meu colo.
Eu sentei no colo dela e me surpreendi ao ver o bordado. Não podia crer! Lá de baixo parecia tão confuso! E de cima vi uma paisagem maravilhosa!
Então minha mãe me disse:
- Filho, de baixo parecia confuso e desordenado porque você não via que na parte de cima havia um belo desenho. Mas, agora, olhando o bordado da minha posição, você sabe o que eu estava fazendo.
Muitas vezes, ao longo dos anos, tenho olhado para o céu e dito:
- Pai, o que estás fazendo?
Ele parece responder:
- Estou bordando a sua vida, filho.
E eu continuo perguntando:
- Mas está tudo tão confuso... Pai, tudo em desordem. Há muitos nós, fatos ruins que não terminam e coisas boas que passam rápido.
O Pai parece me dizer: ¨Meu filho, ocupe-se com seu trabalho, descontraia-se, confie em Mim e... Eu farei o meu trabalho. Um dia, colocarei você em meu colo e então vai ver o plano da sua vida da minha posição¨.


*Escrito pelo Prof. Damásio de Jesus, tratadista de Direito Penal Brasileiro, com publicações na área Processual, em novembro de 2002)

domingo, 20 de setembro de 2009

¿Puede Google predecir el futuro? Parece que sí.

Pessoal, esta notícia é interessante demais para deixá-la escapar. O artigo foi publicado por Paul Thorndike em: http://semanaeconomica.com/users/23097-paul-thorndike/blogs, no boletim de 16 de setembro.

Desde hace algún tiempo había escuchado rumores y comentarios sobre cómo Google venía investigando si existía algún tipo de correlación entre la información de las búsquedas que realizan los internautas en Google y eventos y tendencias económicas.

Google ha lanzado al mercado un nuevo producto, siempre en
versión Beta, llamado Google Domestic Trends, dentro de su sección finanzas (Google Finance). Google Domestic Trends es un indicador de tendencias en el consumo en Estados Unidos generado a partir de lo que los usuarios de Google buscan en el portal. Funciona comparando los datos de búsquedas actuales desde el 1 de enero del 2004 para identificar tendencias y patrones de comportamiento reales del mercado. El equipo de Google Finance ha agrupado los resultados en 23 índices que siguen la evolución de los principales indicadores económicos, como consumo, automóviles, construcción, electrónica, búsqueda de empleo, inversión y otros parámetros de la actividad económica en general. Tomando en cuenta que Google Domestic Trends está aún en desarrollo, presumo que las futuras versiones podrán proveer información más detallada sobre productos específicos o tendencias del mercado.

La idea es que las tendencias en las búsquedas en Google de cada categoría puedan proporcionar información útil a analistas e inversores sobre el comportamiento de cada sector, identificando tendencias cíclicas o periodos de mayor actividad. Cada índice parte de una base 1.0 con fecha del 1 enero del 2004, y se calcula y presenta en Google Finance como un promedio móvil de siete días, permitiendo comparar la evolución real con el índice de búsquedas en Google.


Por ejemplo, el índice de "lujo" rastrea búsquedas de términos como "joyería", "aros", "diamantes", "aretes", entre otros. Como se puede observar en el gráfico, históricamente el índice ha sido altamente estacional hacia diciembre, pero en los últimos dos años se puede observar el impacto que ha tenido la recesión en el gasto en ítems de lujo.

Tomando en cuenta que se realizan 1,460,000,000 de búsquedas al día en el mundo en Google, es lógico deducir que Google se ha convertido, estadísticamente hablando, en una muestra representativa del comportamiento de los habitantes del planeta. Podríamos refutar que la muestra no representa a los países con baja penetración de Internet de manera apropiada, pero por otro lado agruparía a aquellos con mayor poder adquisitivo. Bueno, en todo caso, esta herramienta está siendo aplicada por ahora para EEUU, país donde el 74% de su población es usuario de Internet.

Me queda claro que si Google se ha animado a habilitar esta herramienta en Google Finance, es porque está satisfecho con las probabilidades de que su buscador pueda predecir la actividad económica.

Hace algunos años el valor muestral de las búsquedas de Google o de cualquier otra variable relacionada con los usuarios de Internet se habría considerado poco representativo. Los usuarios de Internet no eran necesariamente representativos del comportamiento de la sociedad en su conjunto. Ahora el crecimiento del uso de Internet permite tener una correlación francamente sorprendente entre el uso del buscador y los resultados reales.

Todo este razonamiento me lleva a pensar cómo nuestra sociedad, a medida que se va "digitalizando", deja una huella cada vez más representativa de su comportamiento diario en el mundo real en Internet.


Paul Thorndike/SemanaEconomica.

sábado, 19 de setembro de 2009

POR QUE EVA COMEU A FRUTA?

Compartilho uma piada chegada a minha bandeja de entrada. Muito boa. E traz palavras novas.

Não foi assim tão fácil, não.
No início, Eva não queria comer a fruta.
- Come -disse a serpente astuta- e serás como os anjos.
- Não -respondeu Eva- virando a cara para o lado.
- Terás o conhecimento do Bem e do Mal -insistiu a víbora.
Cruzou os braços, olhou bem na cara da serpente e respondeu firme:
- Não!
- Serás imortal.
- Não! Já disse!
- Serás como Deus!
- NÃO e NÃO! Já disse que NÃO!
Irritadíssima, quase enfiando a fruta goela¹ abaixo, a serpente já estava desesperada e não sabia mais o que fazer para que aquela mulher, de princípios tão rígidos e personalidade tão forte comesse a fruta. Até que teve uma idéia, já que nenhum dos argumentos havia funcionado... Ofereceu novamente a fruta e disse com um sorrisinho maroto²:
- Come, boba! EMAGRECE!
Pronto! Foi tiro e queda.

¹garganta
²sagaz

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

QUE BICHO VOCÊ É?

Amigos todos,

respondendo às perguntas do teste a seguir vão descobrir o bicho que há dentro de vocês!

Sou tartaruga. Acho que sou mesmo.



domingo, 13 de setembro de 2009

CRIANÇAS SEMPRE TÊM MUITO A ENSINAR...

Orkut é uma comunidade virtual, o site mais acessado no Brasil, “com mais de 40 milhões de usuários, sendo em média 52% brasileiros¹”.

Nos Estados Unidos, Alec Greven, um menino de 9 anos, escreveu um livro chamado “How to talk to girls” (Como falar com meninas) que ensina o básico para ser bem-sucedido numa conquista, com dicas de sedução para meninos de todas as idades. No Brasil ganhou reportagem no programa de TV “Fantástico” e revoltou crianças e adultos.

Veja o vídeo e acompanhe com a transcrição em português.
http://www.livrariaresposta.com.br/v2/produto.php?id=6239

Neste site, o vídeo legendado em português:
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?sid=23415018111911646086099260&nitem=2789326

Aguardo seus comentários e logo a gente continua discutindo o assunto em classe.

¹ “Geração Digital”, André Telles, 2009, pg. 63.


sexta-feira, 11 de setembro de 2009

MÚSICA, MÚSICA E MAIS MÚSICA...

No início da semana, começamos o estudo do Pretérito Perfeito e, logo da teoria, assistimos um par de músicas de um show do Ivan Lins, lembram? Pois achei as canções no Youtube:

“Porta entreaberta”:
http://www.youtube.com/watch?v=ASMpJ8xhhh8

E esta versão suprema de “Bilhete”:
http://www.youtube.com/watch?v=mCkQMFam_GI

Estas aqui são outras que também incluem pretéritos:

Um dos meus músicos preferidos: Djavan “Flor de lis”
http://www.youtube.com/watch?v=EJtdQm5H4yY
http://www.youtube.com/watch?v=330sreO_d1w
http://www.youtube.com/watch?v=eCwym3NgvsM

À deriva – Ed Motta
http://www.youtube.com/watch?v=NUtZ8BzXxrw

mais Ivan Lins: “Velas içadas”
http://www.youtube.com/watch?v=s98i8nEh6LM
Nas legendas que acompanham esta musica, há um erro. Descubra-o e ganhará pontos!

Identificaram os pretéritos em questão? Então na próxima aula a gente comenta.

Juan, do 1ro ciclo, enviou estes links para baixar músicas (`brigado Juan!):

Pedro Mariano ao Vivo (este vimos em aula, lembram?)
http://rapidshare.com/files/115210226/Pedro_Mariano_-_Ao_Vivo.rar
PASSWORD - oneil

Ivete Sangalo ao vivo no Maracanã (também vimos)
http://www.easy-share.com/1021597/1021597

Ivan Lins - Cantando Historias
http://www.megaupload.com/?d=X2FS58JE

Blog que contém várias músicas para baixar:
http://oneilmusicatotal.blogspot.com/
Recomendo Gabriel O Pensador e Marisa Monte.

Bom fim de semana, pessoal!

domingo, 6 de setembro de 2009

BIBLIOTECA DIGITAL À DISPOSIÇÃO

Uma amiga me dirigiu a este site que disponibiliza livremente obras de vulto (≈ de importância, notabilidade) em formato digital, que compartilho com vocês, meus prezados colegas.
http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp
Desfrutem da leitura, depois a gente comenta.
Pedido atendido, Miguel.

UM ANO A MAIS, BRASIL...

Amanhã, sete de setembro, comemora-se o centésimo octogésimo sétimo aniversário da independência do Brasil.
FELIZ ANIVERSÁRIO, PÁTRIA AMADA!
Pode-se escutar o hino e ler sua letra no link:
http://letras.terra.com.br/hinos/46368/

GANHAAAAAMOOOOOS!!!!!!!!!!

Argentina 1 x Brasil 3

sábado, 5 de setembro de 2009

O SHOW DOS EXALUNOS FOI ASSIM...

O Recital de Música Brasileira que os ex-alunos do CCBP ofereceram ontem à noite, em homenagem ao 187°aniversário da independência brasileira, foi sucesso absoluto, pessoal.


O show começou com a apresentação do violonista Dennys Bernard, que homenageou Aníbal Augusto Sardinha, chamado de “Garoto” porque não gostava do seu nome, e que revolucionou a maneira de tocar o violão no Brasil, devido ao uso de acordes dissonantes muito tempo antes da criação da bossa nova. Confira!


video

Logo depois, seguiram Elizabeth Yep, Pilar de la Hoz e Georgi Bahia, um de cada vez, acompanhados do violonista Javier Rios, homenageando o poeta Vinicius de Moraes. Foram interpretados clássicos da música brasileira como “Dindi” e a famosa “Garota de Ipanema”.

Em certo momento, recordaram os velhos tempos dos encontros musicais lá na casona da Av. Arequipa, vários anos atrás. Finalmente, agradeceram aos professores e à diretora do CCBP pela oportunidade de participar das comemorações pátrias.

Curta o sambinha final do show: “Saco de feijão”.

video

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

NOVIDADES MUSICAIS NO CCBP

Um dos objetivos do CCBP, além de ensinar a nossa querida língua, é fazer difusão de todos os aspectos culturais do Brasil, razão pela que convidamos aos nossos alunos e ex-alunos a participarem do GRUPO DE CANTO e do GRUPO MUSICAL.

O primeiro é comandado pela professora Rosinha. Os ensaios são todas as quartas-feiras, das 11:45 da manhã à 1 da tarde. Não é necessário ter conhecimentos de canto nem voz educada, justamente no grupo aprenderão. Apenas, tempo e boa vontade.

O segundo, por mim, então, os interessados em interpretar música popular brasileira tocando guitarra, teclado, baixo, bateria, percussão, saxofone ou cantando mesmo, entrem em contato comigo. Eu vou participar tocando bateria.

Valeu? Esperamos vocês!

‘brigado, gente!

Só tenho palavras de agradecimento pela acolhida que vocês estão dando a este espaço. O blog está fazendo sua primeira semana de vida e já ultrapassou todas as minhas expectativas, graças, é claro, à sua participação; porém, o mais importante são os avanços no aprendizado da língua que já começo a notar nos comentários que vocês deixam. Então... vamu lá, prá frente, go on, pa’lante chico, tú sigue nomá!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

" A METAMORFOSE " (Luis Fernando Veríssimo)

Uma barata acordou um dia e viu que tinha se transformado num ser humano. Começou a mexer suas patas e viu que só tinha quatro, que eram grandes e pesadas e de articulação difícil. Não tinha mais antenas. Quis emitir um som de surpresa e sem querer deu um grunhido. As outras baratas fugiram aterrorizadas para trás do móvel. Ella quis segui-las, mas não coube atrás do móvel. O seu segundo pensamento foi: "Que horror... Preciso acabar com essas baratas..."

Pensar, para a ex-barata, era uma novidade. Antigamente ela seguia seu instinto. Agora precisava raciocinar. Fez uma espécie de manto com a cortina da sala para cobrir sua nudez. Saiu pela casa e encontrou um armário num quarto, e nele, roupa de baixo e um vestido. Olhou-se no espelho e achou-se bonita. Para uma ex-barata. Maquiou-se. Todas as baratas são iguais, mas as mulheres precisam realçar sua personalidade. Adotou um nome: Vandirene. Mais tarde descobriu que só um nome não bastava. A que classe pertencia?... Tinha educação?.... Referências?... Conseguiu a muito custo um emprego como faxineira. Sua experiência de barata lhe dava acesso a sujeiras mal suspeitadas. Era uma boa faxineira.

Difícil era ser gente... Precisava comprar comida e o dinheiro não chegava. As baratas se acasalam num roçar de antenas, mas os seres humanos não. Conhecem-se, namoram, brigam, fazem as pazes, resolvem se casar, hesitam. Será que o dinheiro vai dar ? Conseguir casa, móveis, eletrodomésticos, roupa de cama, mesa e banho. Vandirene casou-se, teve filhos. Lutou muito, coitada. Filas no Instituto Nacional de Previdência Social. Pouco leite. O marido desempregado... Finalmente acertou na loteria. Quase quatro milhões ! Entre as baratas ter ou não ter quatro milhões não faz diferença. Mas Vandirene mudou. Empregou o dinheiro. Mudou de bairro. Comprou casa. Passou a vestir bem, a comer bem, a cuidar onde põe o pronome. Subiu de classe. Contratou babás e entrou na Pontifícia Universidade Católica.

Vandirene acordou um dia e viu que tinha se transformado em barata. Seu penúltimo pensamento humano foi : "Meu Deus!... A casa foi dedetizada há dois dias!...". Seu último pensamento humano foi para seu dinheiro rendendo na financeira e que o safado do marido, seu herdeiro legal, o usaria. Depois desceu pelo pé da cama e correu para trás de um móvel. Não pensava mais em nada. Era puro instinto. Morreu cinco minutos depois , mas foram os cinco minutos mais felizes de sua vida.

Kafka não significa nada para as baratas...